Search

Problemas bucais no desportista

Updated: Apr 12

Desporto: problemas bucais fazem rendimento diminuir até 21%





O rendimento de um atleta pode diminuir até 21% por causa de problemas relacionados com os dentes.

Entre esses problemas estão a má-oclusão dental e as infecções (gengivite e canais não tratados). Ambos podem provocar problemas de mastigação, dificultando o aproveitamento da energia dos alimentos, fundamental para a vida dos atletas.

Essas infecções, se não tratadas, podem, ainda, levar bactérias pela corrente sanguínea até algumas partes do corpo do atleta, causando mais que um simples desconforto. A endocardite bacteriana, por exemplo, é uma doença provocada por esses microorganismos, que afeta as válvulas e os tecidos do coração, podendo levar à morte. Problemas de respiração bucal e ausência dental também podem atrapalhar o atleta. O esforço extra que o atleta que respira pela boca faz para puxar o ar pode comprometer seu desempenho de uma forma geral. Já no caso de falta de dente, se houver ausência em apenas um lado da boca, a pessoa pode forçar demais o outro lado, causando problemas de ATM (articulação-temporomandibular).

Má-oclusão dental e as infecções podem provocar problemas de mastigação, dificultando o aproveitamento da energia dos alimentos Má-oclusão dental e as infecções podem provocar problemas de mastigação, dificultando o aproveitamento da energia dos alimentos.


Até não escovar os dentes pode atrapalhar.

Na verdade, o simples fato de o desportista não cumprir com os cuidados básicos para uma boa higienização bucal pode prejudicar dias de treino. Um atleta com uma saúde bucal frágil tem mais possibilidades de ter lesões e mais dificuldade para se recuperar delas.


Vulnerável e com dores, o desportista ficará incapacitado de oferecer o seu melhor desempenho em competições. Manter a saúde bucal em dia com uma escovação frequente, o uso do fio dental e de raspadores linguais ajudam a manter o corpo saudável e melhoram a integridade física, mental e sensorial de qualquer pessoa.


Importância dos protetores bucais

A National Youth Sports Foundation, dos Estados Unidos, entidade dedicada aos estudos e à prevenção de traumas desportivos, afirma que todo atleta envolvido numa atividade desportiva de contato físico tem até 10% de chance, durante uma temporada, de sofrer uma lesão facial.

Esse tipo de modalidade aumenta o risco de quebras, rachadura nos dentes, fratura de próteses, ferimentos em tecidos moles bucais e danos à raiz dos dentes. Mas tudo isso pode ser evitado com o uso de protetores bucais que permitem que o atleta exerça essas atividades com segurança.

Os protetores bucais podem ser personalizados atendendo a anatomia e as necessidades de cada desportista. Eles devem ser usados na arcada superior e inferior, embora na de cima sejam mais comuns. São exemplos de desporto de contato que precisam desses protetores o basquete, futebol, judo, karatê, handebol, MMA, entre outros.



2 views0 comments

Recent Posts

See All